Digital workplace, full desktop with app virtualization

Resumo

O EyeOS é um workplace que integra aplicativos virtuais e gerenciamento de arquivos na nuvem, em uma única área de trabalho virtual para escolas, escritórios e empresas colaborativas. eyeOS incorpora em um único espaço todas as aplicações que os usuários precisam no seu ambiente de trabalho. Meu papel neste projeto foi pesquisar, projetar e testar as interfaces e interações relacionadas ao projeto e seus recursos colaborativos de compartilhamento. Colaborei com outros designers, desenvolvedores e engenheiros para lançamento deste projeto.

 

Atualização

Em abril de 2014, a multinacional Telefónica anunciou a aquisição da eyeOS, deixando de comercializar o produto em 2017.

Detalhes do Projeto

Cliente eyeOS – Barcelona, Espanha
Data Agosto de 2009
Responsabilidades Conceber a interface e a experiência do usuário em novo sistema operacional baseado nas nuvens
Plataforma Webapp, sistema operacional
Ferramentas Photoshop, Illustrator, Balsamiq, Axure
Métodos de UX Sketching, Cardsorting, Entrevistas, Jornada de usuários, Personas

https://eyeos.com/en/

O Desafio

Em 2005, eyeOs partiu da necessidade de se armazenar arquivos on-line, sem ter que se preocupar com dispositivos externos para transportar dados. Com isto, o conceito de nuvem surgiu em um momento em que apenas algumas empresas estavam interessadas no tema.

Para mim, foi um instigante e grande desafio conceber um novo conceito – o que chamamos de “desktop na nuvem” – já que não haviam no mercado, projetos semelhantes naquele momento. A partir de então, decidimos entender nosso produto da perspectiva do cliente, no dia-a-dia em seus escritórios.

Processo de Desenvolvimento

Realizei entrevistas com usuários em seus locais de trabalho para entender a maneira como eles lidavam com processos internos, tentando descobrir como simplificar suas tarefas. Além disso, realizei detalhada pesquisa sobre os principais concorrentes sendo que naquele tempo, apenas algumas empresas desenvolviam algoo parecido. Era elas Zoho, Google e Dropbox. eyeOS foi o primeiro a lançar um editor de texto com colaboração simultânea. Na época ainda não existia o Google Drive.

No processo de brainstorm, optei por começar com wireframes de baixa fidelidade em Balsamiq para melhor discutir as jornadas dos usuários com a equipe. No quadro branco, discutíamos as estruturas da arquitetura das telas e interações.

Ver é acreditar, e os fluxos de usuários finalmente podiam ser “clicados” por protótipos em alta fidelidade criados no Axure. Estes, foram usados para validar a interação com a equipe de desenvolvimento, partes interessadas e a nossa comunidade de desenvolvedores opensource, os quais desenvolviam widgets baseados na plataforma.

Aprendizados e Conclusões

Durante o processo de pesquisa de referências, fiquei realmente surpreso ao ver como grandes concorrentes às vezes não tinham ou não podiam projetar soluções simples para seus clientes.

O projeto teve muitos desafios, mas o tema mais complexo, foi lidar com o desenvolvimento de ferramentas colaborativas e de compartilhamento de arquivos. Passamos horas rascunhando e analisando fluxos complexos de interação com toneladas de papel gastos, a fim de simplificar as ações dos usuários. Criamos o que chamamos de “Social Bar”. Um painel exibido em qualquer parte do sistema no qual os usuários podiam compartilhar e definir privilégios de edição, para qualquer arquivo com colegas de trabalho.

Usuários Ativos

Servidores Instalados

Desenvolvedores Colaboradores

Em 2009, uma parceria estratégica com a IBM, proporcionou a distribuição de eyeOS
para os mainframes Power i e System Z da multinacional.

Gostou do que viu?

Entre em contato